อ่านนิยายออนไลน์ทั้งหมดฟรีที่นี่

A esposa recasada de Rui

Capítulo 1525

sprite

Encerrando a ligação, Pierre ficou distraído ao lado da cama. Rui lhe deu um jeito, mas ele não entendeu bem. Como praticar o truque de autolesão? Contanto que efetue a autolesão, poderá fazer Ariana ficar? Caso isso a irrite ainda mais, que saída tem? Pensando nisso, Pierre teve muita dor de cabeça. Quando comiam juntos nesses dias, todos estavam muito quietos. Gracília tinha que tentar o máximo para animar a atmosfera, mandando Pierre servir a comida para Ariana. Com as mães presentes, Ariana não agiu muito resistente. Quando Pierre lhe serviu a comida, ela virou a cabeça para Gracília. - Obrigada, Dona Gracília, vamos comer. - OK, coma mais e não fique com fome. O pós-parto é muito importante. Inclinando a cabeça, Ariana pensou um pouco e perguntou de repente: - Dona Gracília, já passei cerca de meio mês no pós-parto. Quero fazer uma saída hoje à tarde, pode ser? Ouvindo que ela queria sair, todo mundo deixou a tigela com alerta e fixou um olhar nervoso nela em um instante. Essas reações simultâneas deixaram Ariana desajeitada. - Por quê isso? Já passou meio mês. Acho que chega o momento de sair né? Vejo que muitas estrelas voltam a trabalhar cedo e eu não devo ter problemas. - Não pode dizer assim, Ariana. Está no pós-parto, sendo melhor não sair antes de completar um mês. Como podem as estrelas ser iguais à gente? A saúde vale mais. - Gracília puxou a mão de Ariana nervosamente de imediato. - E mais, o que quer fazer lá fora? Tem falta de algo? Basta chamar Pierre comprar para você. Ariana sorriu e disse levemente: - Dona Gracília, de facto preciso de algo, mas Pierre não tem como comprar, de maneira que quero ir fazer compras por conta própria. Além disso, quero passear um pouco com minhas amigas. - É melhor não. Vamos colocá-lo depois do pós-parto. - Betânia prestou um olhar profundo em Ariana. - Não incomode os outros. Quando Ariana disse que queria sair, Pierre ficou pregando os olhos nela, como se todo o corpo fosse congelado. Infelizmente, Ariana não lhe prestou nem sequer uma olhada em todo o processo, como se ele fosse transparente. Por que ela pediu uma saída repentinamente? Acaso ela queria ir embora de facto? Nesse caso, o futuro parecia todo escurecido para Pierre

Não, não pode. Ariana não pode ir. Pensando nisso, Pierre pegou o pulso fino de Ariana subitamente e a puxou para se levantar. Ariana estava para comer, mas Pierre a segurou de repente e a carregou em direção ao quarto, antes que ela pudesse reagir. Ariana não imaginou que Pierre faria isso à frente das duas mães. Quando voltou a ter os sentidos, ficou com o rosto quente e bateu nos ombros de Pierre com força. - O que tá fazendo? Me coloque para baixo. As mães estão nos olhando, entendeu? Ao ver essa cena, Gracília ficou tão raivosa que queria precipitar-se para lá, mas foi impedida por Betânia. - Não vá. Deixe os jovens resolverem os próprios assuntos. - Mas Pierre agiu dessa forma. Ele vai bater em Ariana? Não, eu tenho que dar uma olhada. Gracília ainda se viu nervosa. Betânia se esforçou muito para a impedir e disse baixinho: - São apenas aquelas coisas entre um homem e uma mulher. Não vá mexer. Acho melhor a gente dar um passeio lá fora e voltar mais tarde. Eu posso enxergar que Pierre não é aquele tipo que faça uso de força à mulher. E mais, considerando a situação de Ariana, a reconstrução não virá sem uma destruição. Betânia tomou a decisão na hora. Por fim, Gracília foi convencida por ela, arrumou os itens e foi embora com ela imediatamente. No outro lado, Pierre não se importou com nada, levou Ariana direto ao quarto e fechou a porta. Ariana finalmente encontrou uma chance de saltar para baixo. Depois, viu o olhar frio e apavorante de Pierre. Ela sentiu medo, mas tinha que fingir forte. - O que, o que quer fazer? Levantando o queixo, Ariana olhou para Pierre arrogantemente: - Pierre, você tá louco de repente. Posso divorciar-me com você, acredita? - Acredito! - Pierre se aproximou dela passo a passo, apertou os ombros dela e lhe prestou um olhar sombrio. - Já que você quer abandonar o marido e o filho, o que representa o divórcio para você e para mim? O termo “abandonar o marido e o filho” foi muito grave, fazendo com que Ariana franzisse as belas sobrancelhas. Mas ela não tinha como rebater, pois era isso a decisão que tinha feito. Pensando nisso, ela fez uma zombaria

- Mesmo assim, o que tem de errado? Você não tem um espaço para mim no seu coração. Acaso tenho que continuar a viver com você aguentando a injustiça? Você me trata como o quê? Um item para preencher o seu coração vazio quando está em solidão? Eu sou alguém a ser utilizado? - O que tá dizendo? - Pierre torceu as sobrancelhas. - Quando é que não tenho o espaço para você? - Se você me amasse, não iria escolhê-la e me deixar de lado. Honestamente, a sorte é que não aconteceu nada naquele dia. Mas se acontecesse algo ruim, você ficaria arrependido? Pierre ficou congelado e apertou as palmas nos lados do corpo subconscientemente. - Antigamente, eu achava que você poderia se esquecer dela e eu poderia gradualmente substituir o lugar dela no seu coração, contanto que eu te desse tempo. Mas o episódio naquele dia me disse que algumas pessoas são insubstituíveis. Eu fui inocente demais e imersa na própria ilusão. E agora, eu não quero mais ficar tonta. Eu quero acordar, tá  bom? Depois, Ariana contornou Pierre e queria ir para fora. Mas Pierre estendeu a mão, impediu a esposa e voltou a pegá-la nos braços. - Quem disse que você não substituiu o lugar dela? Ariana ficou surpreendida e prestou um olhar confuso nele. - Ela não está no meu coração há  muito tempo! Em seguida, Pierre abaixou a cabeça e a beijou violentamente. - Ah. - Ariana pensava que ele iria explicar um pouco, mas inesperadamente, ele reagiu dessa forma, com seu beijo feroz e apressado. Os dentes chocaram nos lábios dela, lhe doendo tanto que as lágrimas quase caíram. Que canalha!Ariana esticou a mão para o empurrar. Ela não queria aceitar um beijo tão rude, como se estivesse satisfazendo o desejo sexual!A resistência de Ariana fez Pierre pensar que ela não tinha como ouvir suas palavras. O movimento dele se tornou violento. Ele a pressionou na estante ao redor, apertou o queixo dela, arrombou os dentes dela e foi dentro. - Ah ah. O empurrão dos dois abalou a estante e os livros no topo caíram abruptamente. Pierre estendeu a mão para os bloquear inconscientemente. Slap!Livrando-se do controle, Ariana lhe deu uma tapa. - Saia daqui. Eu não quero mais ver você!Levando a tapa, o rosto de Pierre se inclinou para um lado, mas seu corpo não se mexeu. Ele perguntou devagar:- Como é que você pode acreditar em mim?- Acreditar que eu realmente me apaixono por você?